Por que BBB?

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Outro dia postaram no meu perfil uma campanha para tirar do ar essa e todas as edições futuras de BBB. Se conseguissem 1 milhão de compartilhamentos isso seria possível. E eu claro não participei!

Não que eu seja fã do programa, mas como uma amiga comentou, ninguém pode interferir no gosto das pessoas assim. Eu não gosto de muitos programas de TV e principalmente de ter que aguentar o futebol interrompendo toda quarta - feira e domingos, isso quando não tem algum super jogo na quinta - feira também, não gosto de muitos artistas, e rádios! O que eu faço? Simples, não dou audiência!

Se não gosto de alguma coisa, não vou perder meu tempo falando a respeito, fazendo campanha contra, entrando nas redes sociais tentando detonar e etc e tals.
Se vão tirar o BBB, então também tem que tirar a Fazenda, o Mulheres Ricas, Casa da Ana Hickmann, e tantos outros Realyts por ai! A alegação, é que o programa não tem nenhum conteúdo, e faz as pessoas ficarem mais ignorantes e não acrescenta em nada culturalmente. Que é um programa pra gente estupida e alienada.


Gente, já ficou provado que a TV aberta vem perdendo espaço pra internet e pra TV a cabo, e que essas pessoas que migraram, passam a maior parte do tempo em redes sociais ou assistindo séries. Sem contar o tempo em que passam jogando. Eu pergunto então, o que realmente as redes sociais e séries acrescentam em nossas vidas? Qual desenvolvimento os jogos trazem para as nossas mentes?
As respostas são variadas, porque as opiniões são variadas e os gostos também. Quando se trata de entretenimento, não se deve impor, e sim respeitar que cada um opta pelo que lhe agrada!
Cultura, educação e conhecimento podem ser adquiridos de diversas formas, e cabe a cada um buscar conteúdo, querer evoluir, não depende de tirar um programa de TV do ar. Depende sim da forma como cada um encara o desenvolvimento pessoal.

Não é dever da televisão educar as pessoas, é dever da família educar e formar, e do governo o dever é de dar condições para seus cidadãos se desenvolverem! Mas se o próprio cidadão não busca se informar, ou adquirir conhecimento, como acontece com muitas pessoas, o que se ha de fazer? Impor a ele?
Assistindo ou não programas sem conteúdo cultural ou cientifico não altera a capacidade de uma pessoa se tornar critica. Sempre assisti televisão, e nem sempre foram programas culturais e educacionais, mas sempre estudei, busquei conhecimento e condições para me tornar uma pessoa e cidadã melhor, assim como muitos de meus amigos e conhecidos. A diferença é que a maioria das pessoas acabam se acomodando e colocando a culpa no "outro" para justificar sua alienação ou falta de interesse no estudo.

Por isso meus queridos, ao invés de fazer campanha contra qualquer coisa, faça campanha a favor daquilo que você deseja, quem concordar vai te ajudar a tornar isso realidade, e quem não concordar simplesmente não vai participar. Não esqueçamos que teoricamente, vivemos em uma democracia, e faz parte da democracia respeitar a opinião e o gosto dos outros! Afinal, aposto que se quisessem tirar o programa "Chaves" do ar, revoltaria muita gente, e eu aposto que para muitos telespectadores não é o melhor programa do mundo, além de ser reprise ha mais de 10 anos, porém tem muitas pessoas que apreciam e dão audiência até hoje.

Democracia, essa é a palavra! Até o próximo post!

Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Anônimo disse...

Mari, eu concordo muito com você!

E eu vou acrescentar mais uma coisa... A função da TV não é politizar as pessoas, é apenas passar propagandas, e ganhar dinheiro com publicidade. Para isso a TV procura passar uma programação que atraia, que prenda a atenção do público. A TV só passa o que as pessoas querem ver, pelo menos a maioria das pessoas, assim eles garantem um número grande de audiência. Pode ver que o BBB por exemplo tem muita publicidade anunciada, tanto durante o programa, quanto nos intervalos.

Passa muito barraco, e putaria? Sim, passa! Mas é isso que as pessoas estão aptas a assistir! E se as pessoas querem ver isso talvez exista algo de errado na nossa cultura!

O ideal seria, ao invés de tentar impor de uma forma autoritária o término de um programa, propor ideias pra politizar mais as pessoas, fazer com que elas se interessem mais pela leitura, e outras formas de cultura. Assim, o publico será mais exigente, e assim a programação na TV iria se adequar a esse público exigente!

Eu não gosto do BBB, faço parte da minoria que não assiste, e como minoria sei me conter. Não cabe a mim decidir e querer impor o que os outros devem ou não devem assistir. As liberdads alheias devem ser respeitadas!

E eu tenho outras opções de lazer, posso mudar o canal da TV, desligá-la, ler um livro, ouvir uma música, etc...

Já curtiu?

Popular Posts

Pensamentos


"Seja feliz com o que você já tem. O resto se consegue com o tempo!"

Mariana Lüdi

"A pedra que no papel nem serve para desenhar uma reta, dentro d'água faz círculos perfeitos!"

Heráclito

"Só ha duas maneiras de viver a vida; a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse um milagre."

Albert Einstein

"Pois nada que valha a pena provar pode ser provado, nem tampouco refutado; portanto, sê sábio. Adere sempre ao lado mais ensolarado da duvida!"

Lord Tenysson


Amigos Leitores

 
"O mundo de Mari" © 2012 | Designed by Bubble Shooter, in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions