Religião é Fé?

domingo, 14 de julho de 2013

Estava um pouco perdida de como inciar essa postagem. Como escrevê-la sem ofender ninguém. Cheguei a conclusão que talvez isso seja impossível, pois cada um tem seu ponto de vista e sua própria verdade. Então, desde já, peço desculpas se de alguma forma, você se sentir ofendido, a intenção não é essa!

Desde criança somos educados para acreditar em Deus. Para ter fé Nele, e frequentar a Sua casa. Eu fui criada para ser católica, fui batizada e participei de quase todos os sacramentos católicos. E realmente eu acreditava no que ouvia e no que lia. Apos algum tempo, e indo mais a fundo nos estudos sobre religiões, cheguei a conclusão no que já algum tempo pensava, que ter uma religião não significava ter fé.
Foi ai que parei de ir a igreja, e comecei a perceber que para ter fé eu não necessariamente precisava de uma religião..

Muito tempo se passou desde quando parei de frequentar a igreja católica. Mas ainda sinto os efeitos da educação cristã que tive. Em alguns pontos considero algo bom, mas em outros, vejo que alguns preconceitos que ainda tenho, são consequências daquela doutrinação.

Hoje existem muitas religiões, principalmente no Brasil, parece que em cada esquina o mesmo numero de igrejas são equivalentes ao mesmo numero de botecos . E de um modo geral, analisando uma a uma, não são tao diferentes. Todas pregam quase as mesmas coisas, todas no final tem o mesmo objetivo. Manipular seus seguidores.

As igrejas chamam seus frequentadores de fiéis, "nossos fiéis", como se eles fossem fiéis da igreja, e não de Deus. Impõe regras e dogmas, que muitas vezes os próprios pregadores não cumprem. E defendem de tal forma, idéias que pareçam que só uma crença seja a verdadeira, a correta. Sendo que Jesus deixou bem claro, que Ele não esta em paredes ou em bancos e sim em todos os lugares. Nunca disse que esta ou aquela religião seja correta ou a errada. Deixou apenas Sua palavra a ser semeada.


Dai podemos entender porque ha tanta guerra "santa", tantos querendo falar em nome de Deus. Cada um usando como bem lhe convém o que na verdade seria para união do mundo.e não para sua ruína.

"Falar em nome de Deus", é algo que me deixa danada de brava. Me revolta saber e ver, que existem tantos oportunistas, se valendo do conhecimento que muitos não tem, para fazer fortuna as custas da ignorância dos outros.

Afinal, infelizmente ainda temos milhares de pessoas que confundem Religião com Fé. Que acreditam que só indo a um "templo" e cumprindo com suas leis, é que eles poderão ser salvos. E é ai que são manipulados e enganados.

É preciso estudar, conhecer a historia, abrir a mente para novas culturas, para novas reflexões. Nem sempre uma pessoa que frequenta uma religião é uma pessoa de fé. Já vi muitos casos, de pessoas que vão a uma igreja apenas para não serem julgadas por outros ou por acharem que indo em uma igreja garantirão seu lugar no paraíso. Mas praticar os ensinamentos de Cristo que é bom, nada! Pelo contrario, as pessoas que mais cuidam da vida do outro, julgam e discriminam, são as mesmas que vivem dobrando os joelhos, em inúmeros ritos religiosos e se julgam pessoas de fé.

Por isso, queridos leitores, eu proponho que façamos uma auto critica, e analisemos nossa própria conduta perante a fé. Sera que realmente acreditamos em Deus? Sera que realmente frequentamos esta ou aquela religião por cremos no que ela prega?

E mais, paremos de julgar o outro, de discrimina-lo e de desrespeitar a liberdade que o mesmo tem de escolher seu próprio caminho de fé, de seguir ou não determinada crença e até mesmo de não ter nenhuma.
E dessa forma, poderemos conviver melhor com nossos semelhantes e praticar aquilo que chamamos de Fé!

Cada um, com sua própria crença e com sua própria Fé.

Que Deus abençoe todos nós!

Comentários
12 Comentários

12 comentários:

Raimundo Neto disse...

Legal seu blog Mari.

Quando puder visite o meu

http://rsn1.blogspot.com

Mariana Luedi disse...

Volte sempre!!

Anônimo disse...

O problema é que vinculam moral à religião. Ha muitos ateus q sao mais humanistas q muito pastor ou padre. Respeito qualquer tipo de fé, mas me irritam os q quererm me enfiar goela abaixo as suas convicções. A verdade do outro pode ser diferente da minha, oras, e quem disse que estou errada? Não acho q Deus seja um carrasco sempre pronto a punir e muito menos q Ele seja adepto à barganhas e promessas, e se Ele é amor e único, não entendo os conflitos e preconceitos religiosos. O homem complica as coisas mais simples pelo prazer de dizer "estou certo".

Beijos Mari!
Adriana

Danielle Trindade disse...

Fé, é algo realmente polêmico, achei legal a sua atitude de desculpar - se por expressar sua opnião, e concordo com você em algumas partes, mas é isso cada um tem sua crença e acho que Religião não é fé... Bjs linda
espero sua visita http://mylifeandyourworld.blogspot.com.br/

Priscilla disse...

Mariana, eu também tive o mesmo padrão de educação religiosa que a sua (e até estudei em escola católica conservadora). Mas acredito que com o tempo a gente vai amadurecendo e percebendo que ter religiosidade independe de religião. Que existem muitos fanáticos religiosos que não praticam o bem, enquanto conheço ateus que não fazem mal a ninguém.
Eu acredito em Deus, mas não naquele Deus que me ensinaram a temer, acredito numa força muito poderosa, capaz de tudo. Porém, respeito a crença de cada um.

Adorei o seu texto!
Beijos!

Mariana Luedi disse...

Concordo com vc. E esse é o grande problema. Querer estar certo, e usar o nome de Deus para isso!! Bjinhos e volte sempre!

Mariana Luedi disse...

Obrigada pela visita e volte sempre. Pode deixar que visitarei em breve seu blog! Bjs!

Mariana Luedi disse...

Eu tmb conheço alguns ateus, mto melhores pessoas do que mtos cristãos! Hehe... Que bom que gostou do texto. Sinta - se a vontade a retornar e comentar sempre! Bjs!

Blog Vida de Um Adolescente Gay ou nao? disse...

Verdade, Mariana!
Acredito em Deus, e tenho fé, porém guardo isso pra mim, pois sei que não vou ser aceito em nenhuma igreja, por ser gay... é isso e gostei mt do seu blog! ;)

Anônimo disse...

Acredito q fé seja algo mto pessoal, e ñ deve ser imposta as pessoas. Religião tmb é algo mto pessoal. Eu sigo a religião católica pq me identifico com ela, mas isso ñ quer dizer q td q a igreja prega eu concorde. Ta aí religião é uma coisa e fé é outra! Texto mto bom!!

Adriana Santos disse...

Jesus é mais que uma religião, se Ele não for tudo, Ele não é nada em nossas vidas. Seguidora de Cristo é a melhor coisa deste mundo, porque Ele nos concede a "imortalidade", e isso ninguém nos pode tirar! No dia do juízo, quando Ele voltar, será que vc vai? Tanta coisa pra se preocupar, vai se importar com os cristãos? ahhahaha

Mariana Lüdi disse...

Não entendi muito bem sua colocação. De qualquer forma, não estou preocupada com os cristãos, e sim com a forma como as pessoas interpretam a religião, qualquer uma delas! Talvez vc seja uma dessas pessoas que citei no texto! Juízo final, eu não acredito nisso! :)

Já curtiu?

Popular Posts

Pensamentos


"Seja feliz com o que você já tem. O resto se consegue com o tempo!"

Mariana Lüdi

"A pedra que no papel nem serve para desenhar uma reta, dentro d'água faz círculos perfeitos!"

Heráclito

"Só ha duas maneiras de viver a vida; a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse um milagre."

Albert Einstein

"Pois nada que valha a pena provar pode ser provado, nem tampouco refutado; portanto, sê sábio. Adere sempre ao lado mais ensolarado da duvida!"

Lord Tenysson


Amigos Leitores

 
"O mundo de Mari" © 2012 | Designed by Bubble Shooter, in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions