Minha vida de estrangeira - Parte 2

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

E ai galera tudo bem? Como havia prometido, segue a segunda parte da postagem, Pra quem não leu a primeira parte, leia aqui. :)

Bom, hoje tirarei algumas duvidas que muitas pessoas tem quanto a vida no exterior: o tal preconceito Vamos la?

Ha alguns dias atras, participei de uma entrevista no Blog Café com Amigas, e notei que como alguns amigos, conhecidos e algumas leitoras tinham duvidas sobre o preconceito que muitas pessoas dizem ter sofrido ou sofrem quando estão fora do país. E sim, ele existe.

Aqui na Suíça tem pessoas de todo o mundo. E diferente do que muitos acham, tem pessoas negras. Claro que em sua maioria estrangeiros e descendentes desses estrangeiros. Mas de qualquer modo existe, não é um país só de brancos e louros como muitos pensam.

Eu já vi africanos serem vitimas de preconceito, mas meio por generalização. Existem muitos africanos que entram na Europa para traficar. E por isso a policia esta sempre de olho neles, as vezes injustamente. É complicado. Os albaneses, turcos, croatas, libaneses e entre outros dessa mesma região, também são alvos desse mesmo preconceito, muito porque a maioria deles praticam vandalismo e violência contra a mulher. Acabam por serem mal vistos pelo povo suíço e confesso que muitas vezes com razão.

Agora falando de mim. De uma maneira geral, eu não sofro muito preconceito, já ouve episódios isolados que me deixaram um pouco chateada. Porém, eu sofri muito mais preconceito e discriminação no Brasil. O que percebo, é que ha um preconceito muito maior por eu ser brasileira, do que negra. Talvez porque na mentalidade européia a mulher brasileira é sinônimo de sexo, infelizmente. Então, acabo muitas vezes arrancando olhares duvidosos quanto a minha estadia aqui, e quando estou com meu marido, sinto que eles duvidam da veracidade da nossa união. Acreditam que estou aqui, porque quero viver na Europa, pra tirar vantagens do país deles. Isso me incomodava muito antes, mas agora tenho tentado ignorar.

Outro fator que ajuda na discriminação é você não saber o idioma. Os cidadãos mais velhos, as vezes tem um pouco de impaciência quanto a isso, e algumas pessoas acabam te tratando mal, justamente porque você não consegue entender o que dizem e assim não tem como retrucar. Quanto a questão de emprego, eu acredito que não haja problema desde que você fale bem o idioma e tenha qualificações, é algo que ainda não posso falar com propriedade porque ainda não comecei efetivamente a procurar emprego por aqui. Porém, no trabalho do meu marido tem pessoas de varias nacionalidades, e em todo canto que vou, sempre vejo estrangeiros trabalhando.

Enfim, acredito que seja algo muito particular. Todo lugar tem pessoas preconceituosas ou mesmo racistas. Acredito ser mais uma questão de mentalidade e educação. É o tipo de coisa que somente o tempo pode mudar e melhorar.

Eu simplesmente procuro não focar nisso, deixar rolar. Sou do tipo, pensem o que quiserem, o importante é o que eu penso e sei sobre mim. Mas posso dizer com bastante alegria, que em geral o povo suíço não é racista e pouco preconceituoso, afinal preconceitos até eu tenho. Penso que o problema maior é mais na questão econômica e trabalhista do que propriamente por preconceito ou racismo. Porém, esse é um assunto que ficará para uma próxima postagem.

Espero ter respondido as duvidas e caso tenham alguma não esclarecida ou alguma com outro tema é só deixar nos comentários que respondo com maior agrado.

Fiquem com Deus e até a parte 3!

Acessem aqui a entrevista. Beijos!



Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Já curtiu?

Popular Posts

Pensamentos


"Seja feliz com o que você já tem. O resto se consegue com o tempo!"

Mariana Lüdi

"A pedra que no papel nem serve para desenhar uma reta, dentro d'água faz círculos perfeitos!"

Heráclito

"Só ha duas maneiras de viver a vida; a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse um milagre."

Albert Einstein

"Pois nada que valha a pena provar pode ser provado, nem tampouco refutado; portanto, sê sábio. Adere sempre ao lado mais ensolarado da duvida!"

Lord Tenysson


Amigos Leitores

 
"O mundo de Mari" © 2012 | Designed by Bubble Shooter, in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions