Falta de Creches ou crianças demais?

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Antes de mais nada eu quero iniciar essa postagem com esse vídeo que foi uma das inspirações pra falar sobre esse assunto. Você pode assisti-lo antes ou depois de ler o texto, pois ele tem uma pouco mais de 20 minutos e talvez nesse momento não seja possível assisti-lo, porém para entender minha indignação seria importante vê-lo.


Bom galera, eu não tenho filhos ainda, e como vocês já sabem não moro no Brasil. Então por enquanto estou livre desse problema. Porém, minhas amigas e irmãs têm filhos, e foi pra elas e tem sido para algumas delas um grande problema a falta de creches, e mais de creches com qualidade. 
Eu já estava querendo falar sobre esse assunto devido as reclamações constantes de minhas amigas mamães de primeira viagem que trabalham fora e não sabiam o que fazer quando tivesse que voltar da licença maternidade, pois as creches particulares são mais caras que uma faculdade privada, algumas chegam a custar R$ 1200.00 por mês, isso em bairros nem tão nobres assim, e mesmo as mais simples estão em torno de R$ 400 ou mais por meio período. 

Por sua vez as creches publicas se não estão lotadas, estão em péssimas condições ou os dois juntos. É difícil! Mas a questão vai mais além. Assim como minhas queridas amigas, muitas mulheres estão tendo filhos não planejados. Algumas dessas mulheres como mostrou a reportagem são mães experientes, ou seja, que já tem outros filhos. 


O que me deixa um pouco indignada e ao mesmo tempo com pena( das crianças), pois essas mulheres sabem da dificuldade de criar e manter uma criança, então por que elas não se previnem? Por que a responsabilidade é toda do governo, se existe pilula e preservativo gratuitos? Se hoje o SUS oferece a operação de laqueadura para mulheres com muitos filhos e sem condições financeiras gratuitamente, por que elas não operam? Sera que é somente o governo que têm falhado nesse caso? Ou sera que o Brasil têm crianças demais.

Veja bem não estou aqui para julgar ninguém, afinal, a minha educação, mentalidade e consciência não são as mesmas que a de outras pessoas, portanto não posso exigir que elas pensem ou ajam como eu. Mesmo porque não sou nenhum exemplo de perfeição( ninguém é). Mas me revolta ver todas essas crianças a mercê de violência, fome e maus tratos, e principalmente à privação de uma vida melhor e de uma boa educação. É dessa forma que nascem os marginais que depois a sociedade discrimina e condena sem dó ou piedade!.

O governo é falho? Sim claro, mas a população também tem que tomar consciência, e perceber que uma coisa está atrelada a outra. Existe um excesso de crianças assim como existe o excesso de falta de creches para essas mesmas crianças. Acredito que deva existir um trabalho de maior conscientização e apoio a essas famílias desestruturadas e principalmente orientação para essas mulheres, que insistem em repetir o mesmo erro, tendo filhos sem ter condições financeiras e psicológicas de cria-los. 

Não sei se estou sendo radical demais, mas é como eu penso, isso não quer dizer que eu esteja certa, apenas que tenho um outro ponto de vista sobre o assunto.

E você, o que pensa sobre esse assunto?

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Já curtiu?

Popular Posts

Pensamentos


"Seja feliz com o que você já tem. O resto se consegue com o tempo!"

Mariana Lüdi

"A pedra que no papel nem serve para desenhar uma reta, dentro d'água faz círculos perfeitos!"

Heráclito

"Só ha duas maneiras de viver a vida; a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse um milagre."

Albert Einstein

"Pois nada que valha a pena provar pode ser provado, nem tampouco refutado; portanto, sê sábio. Adere sempre ao lado mais ensolarado da duvida!"

Lord Tenysson


Amigos Leitores

 
"O mundo de Mari" © 2012 | Designed by Bubble Shooter, in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions