Ida ao Dentista

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Esse último mês para mim foi uma correria só, mudança de apartamento, gripe, cursos e trabalho. Coinscidindo com tudo, comecei um pouco antes do meu aniversário um tratamento dentário.

Então, eu, pessoinha que tento ser o mais regular possível com minha higiene bucal, quero dizer, escovar os dentes direitinho, passar fio dental e fazer gargarejo com o enxaguante, tive que reparar senhoras e senhores 4 dentinhos, incluindo um que quebrei abrindo uma garrafa de Sangría. Oh Deus!

Eu não tenho fobia de dentista, mas como todo bom ser humano, não é das especialidades que mais gosto. Hahaha. Para não dizer que odiamos. O fato é que nossos "amigos" dentistas não contribui para gostarmos, pois alguns são grossos, outros, tem a mão pesada, outros são chatos.

Aí, quando você encontra aqueles simpáticos e delicados, a cretina daquela maquininha dos diabos, acaba com tudo! Eu me perguntava a cada sessão: por que alguém não inventa uma que não faça tanto barulho?


A impressão que tinha, era que eles estavam enfiando uma furadeira na minha boca e a qualquer momento iriam atingir meu cérebro. Ou que quando a "micro-cirurgia" terminasse, eu iria me levantar e ao olhar no espelho ia deparar com a falta de dentes. Ou que a qualquer momento minha língua seria perfurada, e por causa da anestesia eu não iria sentir, até que a hemorragia se espalhasse por toda a minha roupa. Aloka! 

Toda semana voltava para casa com aquela sensação de que fui invadida, haha, e depois de todo o sofrimento dentro do consultório, tinha que lidar com a dor pós efeito da anestesia. Foi a treva!

Uma coisa engraçada, era quando a dentista, tinha que ficar muito perto de mim, e acabava encostando os seios no meu ombro. Ficava imaginando a reação de um cara, ou de uma lésbica, e não dava nem pra rir, pois como? 

E aí quando você pensa, ah agora acabou o tratamento, falta só a limpeza e pronto. Você acha que vai ser suave, e é aí que o ditado que diz que o inferno é na terra faz-se valer. Eu pensei que a mulher( dentista), iria arrancar meus dentes, limpá-los e depois colocá-los de volta. kkkk.
Nunca vi tanto sangue sair da minha boca. E o pior, antes do procedimento, nada de anestesia, logo, dor, dor e mais dor. Haja paciência e coragem. É osso! Mas no final, tudo vale a pena. Saí com minha dentura "faxinada", "reformada" e o melhor, consciente, que daqui pra frente, nada de docinhos no quarto ou qualquer outro alimento depois de escovar os dentes pra dormir. Sofrimento assim, agora só no parto! Ahuahuahua. #exagero!

Fotos: Google Imagens

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Já curtiu?

Popular Posts

Pensamentos


"Seja feliz com o que você já tem. O resto se consegue com o tempo!"

Mariana Lüdi

"A pedra que no papel nem serve para desenhar uma reta, dentro d'água faz círculos perfeitos!"

Heráclito

"Só ha duas maneiras de viver a vida; a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse um milagre."

Albert Einstein

"Pois nada que valha a pena provar pode ser provado, nem tampouco refutado; portanto, sê sábio. Adere sempre ao lado mais ensolarado da duvida!"

Lord Tenysson


Amigos Leitores

 
"O mundo de Mari" © 2012 | Designed by Bubble Shooter, in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions