Analise do Europeu de G.A. Masculino

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Olá meus queridos e queridas! Como vocês sabem estou iniciando um novo quadro aqui no blog e também no canal, no qual falarei também sobre Ginástica Artística. A intenção é fazer uma junção de todos os meus projetos internéticos num só, afinal todos eles fazem parte do meu mundo e eu adoro!!

Se você está chegando agora, provavelmente me conhece por causa da página Eu amo Ginástica Artística, esta página logo em breve passará a se chamar Mari no Mundo da G.A. Mas não se preocupe que o conteúdo não vai mudar em nada, lá continuarei a falar sobre o mundo da ginástica, com a diferença é que também passarei a postar artigos e videos feitos por mim lá.

Agora chega de papo e vamos ao Europeu 2016.


A competição masculina aconteceu na primeira semana do europeu, simultaneamente tivemos os juniores competindo também. Este ano tivemos as finais por equipes e aparelhos para o seniors e para os juniores individual geral e aparelhos.

Já nas qualificatórias tivemos uma surpresa, com uma excelente performance a equipe Suíça de classificou para as finais entre as 3 primeiras colocadas e classificou seus atletas para várias finais. Também quem foi muito bem nas classificatórias, foi a equipe espanhola. Sem muitas dificuldades, mas sólidos em suas séries.

Já na final por equipes a grande briga foi entre Rússia e Grã-Bretanha pelo ouro, e surpreendendo a todos com a determinação, a Suíça fez uma competição muito sólida e com poucas falhas, o que a levou ao pódio em terceiro lugar, uma conquista inédita para o país que não tem tradição nesse esporte. A Espanha não teve o mesmo desempenho da qualificação, cometendo vários erros durante as rotações que se seguiam, acabou terminando a competição na oitava colocação. 


Quem se destacou muito durante a competição, foi o Oleg Verniaiev da Ucrânia, além de ter se qualificado para quase todas as finais por aparelho, levou a equipe a uma qualficação final muito boa. França e Alemanha também se destacaram, eles vem num ritmo de crescimento muito bom, e apresentaram boas dificuldades em determinados aparelhos. 

A equipe romena assim como no feminino acabou confirmando que realmente não estão no seu melhor momento. Apesar de que a equipe masculina romena, nunca teve o mesmo destaque e desempenho da feminina. Entretanto, mesmo Marian Dragulesco, que é especialista no salto e no solo, não demonstrou o mesmo desempenho de anos atrás. 

Mas de uma maneira geral, a competição foi bem acirrada e por muito pouco a Frã-Bretanha não levou o ouro. Foi uma competição de tirar o fôlego e o público contribui muito para isso. Nem parecia que a Suíça tinha ganhado o bronze e sim subido no lugar mais alto do pódio. Neste vídeo( Final por equipes completo) vocês podem tirar suas próprias conclusões a respeito. Hehe. 

Finais por Aparelho

Bom galera vou falar apenas de uma maneira geral, porque eu não pude acompanhar a competição completa, eu estava trabalhando e assisti algumas finais pela internet, e os dois ultimos aparelhos ao vivo. Portanto, tudo o que já escreveram por aí, é isso mesmo hehe. 

De um modo geral, achei que algumas séries não apresentaram tantas novidades ou dificuldades quanto se espera de um ano olímpico, porém, a concorrência entre os atletas masculinos é muito mais acirrada que no feminino e a camaradagem também é maior. 

Mais uma vez os destaques vão para os atletas da equipe suíça, que além de terem participado de varias finais, competiram muito bem e até ganharam medalhas. Novamente para o Oleg da Ucrânia que também participou de várias finais e ganhou o ouro no salto e prata nas barras paralelas. Ele também foi muito bem nas argolas, é um concorrente do Zanetti.


Comparando com os nossos atletas, eu acredito que temos grandes chances, pois apesar de eles estarem muito fortes no salto e na barra fixa, o Brasil tem especialistas nesses aparelhos e também nos outros. Como disse, até agora nenhum dos europeus conseguiu superar a nota e as dificuldades do Arthur Zanetti, e no solo também não vi grandes dificuldades de nenhum dos finalistas.

Em questão das equipes em si, é claro que ainda precisamos melhorar algumas partes técnicas e aumentar as dificuldades para conseguir ir para a final e finais individuais, mas de um modo geral, creio que nossa equipe está a altura das outras. E a briga vai ser muito boa.

E para fechar, foi uma competição incrível, e as grandes estrelas para a surpresa de todos, foram os atletas suíços. Mostraram um grande desenvolvimento e evolução, assim como uma garra muito grande. Eles estão classificados para as olimpíadas e competem direto com o Brasil, por isso, temos que ficar de olho, pois eles podem surpreender mais uma vez e não só se classificar para a final por equipe, mas também subirem ao pódio nas finais por aparelho.

Agora sobre os bastidores e tudo aquilo que não falei por aqui, vocês conferem no vídeo abaixo. Nele falo sobre o comportamento dos atletas, um pouco ainda sobre a competição em si e sobre minha experiência como voluntária e como foi incrível ter feito parte deste evento. Clique aqui para ler o artigo sobre a competição do feminino. Até mais!


Fotos: Fanpage Oficial do Campeonato e de arquivo pessoal.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Já curtiu?

Popular Posts

Pensamentos


"Seja feliz com o que você já tem. O resto se consegue com o tempo!"

Mariana Lüdi

"A pedra que no papel nem serve para desenhar uma reta, dentro d'água faz círculos perfeitos!"

Heráclito

"Só ha duas maneiras de viver a vida; a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse um milagre."

Albert Einstein

"Pois nada que valha a pena provar pode ser provado, nem tampouco refutado; portanto, sê sábio. Adere sempre ao lado mais ensolarado da duvida!"

Lord Tenysson


Amigos Leitores

 
"O mundo de Mari" © 2012 | Designed by Bubble Shooter, in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions