Ida ao Dentista

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Esse último mês para mim foi uma correria só, mudança de apartamento, gripe, cursos e trabalho. Coinscidindo com tudo, comecei um pouco antes do meu aniversário um tratamento dentário.

Então, eu, pessoinha que tento ser o mais regular possível com minha higiene bucal, quero dizer, escovar os dentes direitinho, passar fio dental e fazer gargarejo com o enxaguante, tive que reparar senhoras e senhores 4 dentinhos, incluindo um que quebrei abrindo uma garrafa de Sangría. Oh Deus!

Eu não tenho fobia de dentista, mas como todo bom ser humano, não é das especialidades que mais gosto. Hahaha. Para não dizer que odiamos. O fato é que nossos "amigos" dentistas não contribui para gostarmos, pois alguns são grossos, outros, tem a mão pesada, outros são chatos.

Aí, quando você encontra aqueles simpáticos e delicados, a cretina daquela maquininha dos diabos, acaba com tudo! Eu me perguntava a cada sessão: por que alguém não inventa uma que não faça tanto barulho?


A impressão que tinha, era que eles estavam enfiando uma furadeira na minha boca e a qualquer momento iriam atingir meu cérebro. Ou que quando a "micro-cirurgia" terminasse, eu iria me levantar e ao olhar no espelho ia deparar com a falta de dentes. Ou que a qualquer momento minha língua seria perfurada, e por causa da anestesia eu não iria sentir, até que a hemorragia se espalhasse por toda a minha roupa. Aloka! 

Toda semana voltava para casa com aquela sensação de que fui invadida, haha, e depois de todo o sofrimento dentro do consultório, tinha que lidar com a dor pós efeito da anestesia. Foi a treva!

Uma coisa engraçada, era quando a dentista, tinha que ficar muito perto de mim, e acabava encostando os seios no meu ombro. Ficava imaginando a reação de um cara, ou de uma lésbica, e não dava nem pra rir, pois como? 

E aí quando você pensa, ah agora acabou o tratamento, falta só a limpeza e pronto. Você acha que vai ser suave, e é aí que o ditado que diz que o inferno é na terra faz-se valer. Eu pensei que a mulher( dentista), iria arrancar meus dentes, limpá-los e depois colocá-los de volta. kkkk.
Nunca vi tanto sangue sair da minha boca. E o pior, antes do procedimento, nada de anestesia, logo, dor, dor e mais dor. Haja paciência e coragem. É osso! Mas no final, tudo vale a pena. Saí com minha dentura "faxinada", "reformada" e o melhor, consciente, que daqui pra frente, nada de docinhos no quarto ou qualquer outro alimento depois de escovar os dentes pra dormir. Sofrimento assim, agora só no parto! Ahuahuahua. #exagero!

Fotos: Google Imagens

Máscara de Gesso para os Cabelos

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Olá galera, a postagem dessa semana sobre beleza, é na verdade uma dica de hidratação para os cabelos. Eu já havia enviado essa "receita" para o site das meninas do Café com Amigas. Entretanto, resolvi publicar aqui também fazendo alguns adendos.

Eu soube dessa máscara há algum tempo e desde a primeira vez que experimentei, o resultado foi muito bom. Trata-se de uma máscara super simples de fazer e aplicar nos cabelos.

Você vai precisar de maisena( de qualquer marca) e um creme de hidratação que use normalmente.

Passo 1: Prepare o creme com a Maizena, como se fosse fazer um mingau mesmo, mas sem açúcar. Você pode fazer com leite ou com água, porém com leite dá um efeito mais liso( em caso de escova após).

Passo 2: Misture o creme de cabelo com o “mingau”. Adendo 1: se você tiver um óleo para cabelos( não importa a marca), coloque junto a mistura para auxiliar na hidratação, caso já tenha o cabelo muito oleoso, prepare a máscara convencional.


Passo 3: Depois de lavar os cabelos apenas com xampu, aplique a máscara morna em todo o cabelo e em seguida cubra com a touca térmica deixando agir por 40 minutos.

Último passo: Tire a máscara do cabelo apenas com água, e se preferir seque com o secador ou faça uma escova.

Eu gostei muito do efeito, deixa o cabelo bem macio e brilhoso, e facilita na hora de secar. Costumos fazer a cada 15 dias, as vezes uma vez por mês. Tudo depende da necessidade dos seus cabelos, ou seja, se estiverem muito secos, quebradiços, etc e tals, aconselho fazer toda semana, até poder ir alternar um espaço de tempo mais longo.

Espero que gostem e que dê o mesmo resultado que deu no meu. Adendo 2: não se esqueça, que a saúde dos seus cabelos, inicia-se na alimentação. Se você não se alimentar bem, provavelmente os nutrientes responsáveis pela "manutenção" das células capilares, não chegaram ao seu organismo.

 Por isso, não adianta tratar dos cabelos apenas esteticamente, devemos também lembrar que tudo começa de dentro para fora, e o que você come reflete diretamente no seu exterior. ;)

Semana que vem teremos mais uma #dicadebeleza, então acesse o blog e curta a Página para receber de imediato as novidades. Até a próxima!

Leitura - O Alquimista

domingo, 28 de setembro de 2014

Olá amigos leitores, na postagem de hoje, um livro especial de um autor fantástico. Publicado em 1988, já foi traduzido para mais de 65 línguas, tendo vendido mais de 30 milhões de cópias em todo mundo.

Hoje Paulo Coelho é o escritor brasileiro que mais vende livros em todo o mundo. E por incrível que pareça, eu nunca tinha lido um livro dele, até essa semana. Por isso, aqui vou descrever um pouco da minha impressão quanto ao livro, já que uma resenha exige alguns Spoilers.

Antes de começar a falar sobre a leitura, tenho que dizer que há algum tempo que queira lê-lo, entretanto, fui deixando passar. Até que há alguns dias dei de cara com ele na estante da casa de uns amigos, e claro, tive que pegar emprestado. Eu creio que muitas vezes os livros são atraídos até os leitores, e não há nada melhor do que isso. Quando você "acha" um livro por "acaso".

GIF Livros - 468x60 

O Alquimista é um livro leve, de leitura fácil e dinâmica. Envolve o leitor de uma maneira natural. A estória é simples e ao mesmo tempo filófica, pois traz inúmeras reflexões ao longo do enredo. Com frases e passagens que tocam na alma, este me cativou logo nas primeiras páginas.

E logo eu, que amo histórias que se passam no Egito, sempre fico fascinada com a beleza do deserto, cujas Pirâmides um dia ainda ei de conhecer! Nesta, temos ainda a descrição das belas passagens da Andaluzia.

Como um todo, o livro carrega em seu conteúdo uma bela estória, com a qual o leitor possa se inspirar e se motivar a correr atrás de seus sonhos e objetivos. Mostra perspectivas diferentes de uma mesma realidade. Faz com que você reflita e repense sua trajetória, e as coisas que você deixou para atrás por acreditar que não valiam a pena. E tudo isso em apenas 159 páginas.

Eu termino, recomendando esta leitura maravilhosa, que me inspirou a continuar acreditando que quando se tem um sonho ou vocação é preciso fazer até o que pareça impossível para torná-los reais. Se você ficou interessado(a), pode adquirir o PDF, ou preferencialmente, o livro impresso nas diversas livrarias do país. Boa leitura, e até a próxima #dicadeleitura! :)

Cinema - Loucas por amor, Viciadas em dinheiro.

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Olá pessoas, hoje nossa resenha será sobre um filme maravilhoso que eu amo muito, e talvez várias de vocês já o tenha assistido, entretanto, há sempre alguém que não.

Em Loucas por amor, Viciadas em dinheiro( Mad Money) temos um misto de comédia com uma pequena pincelada de drama e romance. A sinopse você pode conferir ao clicar no link para assistir ao filme.

O que quero destacar aqui, é o fato de apesar do filme já ser considerado de certa forma antigo( 2008), ainda hoje faz o maior sucesso para quem o assiste pela primeira vez.

Um filme que te faz rir, se emocionar, torcer para as mocinhas( que na realidade não são exatamente as mocinhas), refletir e o mais bonito, apreciar a união de pessoas que se conheceram ao acaso e se tornaram grandes amigas.


Além disso, contamos com as brilhantes atuações de Queen Latifah, Diane Keaton e Katie Holmes, tornando a comédia, ainda mais engraçada e deliciosa de assistir. Se você ainda não teve a oportunidade de apreciar esse maravilhoso filme, então não perca tempo!

Assista ao filme completo aqui. E compartilhe com seus amigos. :)

Reflexão - Sexo e as Negas

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Olá pessoas queridas. Essa semana, quero destacar a série tão polemizada de Miguel Falabela. Eu como fã de séries( inclusive das nacionais), não poderia deixar de dar minha opinião e crítica. Então, vamos lá!

Já há algumas semanas tenho observado o "zum - zum - zum" que anda rolando nas redes sociais sobre a série. Em sua maioria, com críticas e comentários negativos, isso porque o primeiro episódio só foi ao ar essa semana. E até por isso, que deixei para comentar a respeito, queria assistir primeiro, e poder tirar minhas próprias conclusões.

E como primeira impressão, posso afirmar que gostei muito. Para quem não sabe, "Sexo e as Nega" é inspirada na versão original norte - americana "Sex and the City" que durou 6 temporadas e depois teve 2 filmes lançados baseado nas mesmas. Foi um grande sucesso que ganhou o mundo.

Na versão do "Miguelito", contamos com as maravilhosas atrizes Karin Hils, Corina Sabbas, Lilian Valeska, Maria Bia, entre outras maravilhosas em papéis secundários, como a querida Cláudia Jimenez que depois de tanto tempo, retorna à TV. E para eu, que acompanho a série original e já assisti aos dois filmes, consegui perceber a semelhança.


A polêmica foi sobre o fato de serem 4 protagonistas negras, que ao contrário da série original, vivem em uma comunidade e tem profissões comuns. E ao fato da super exposição de seus corpos, como se a mulher negra apenas representasse isso.

Acontece que essas pessoas que tanto estão polemizando o enredo de Miguel, talvez não tenham o real conhecimento da série original, ou tão pouco entende, que essa não é uma cópia, e sim inspirada. Que a série se passa no Rio de Janeiro, não em New York, que a maioria das mulheres negras do nosso país ainda são moradoras da periferia, ainda tem subempregos, que nossa realidade é diferente da realidade norte americana.

Que só o fato de ser uma série com 4 protagosnistas negras, já é algo a se comemorar. Que o tema da série, assim como a que a inspirou, é a relação de 4 amigas, que mesmo na correria do dia-a-dia, e da busca pelo reconhecimento profissional, não as impede de curtir a vida, de desejar e querer se relacionar com alguém, independente de ser uma relação sexual ou de amor.

Que hoje as comunidades do RJ estão super em alta. E eu com minha humilde visão de mundo, simplesmente amei a adaptação do Miguel para nossa realidade, para o que é a nossa cultura e o nosso modo de viver. Poderia ser mais 4 protagonistas brancas, desempanhando papéis de mulheres bem-sucedidas com seus carrões, e ninguém falaria nada, ou simplesmente "caíriam de pau", só para contrariar.

Comparando, as duas versões, afirmo que elas possuem semelhanças. Entretanto, é cedo para julgar, pois só tivemos um primeiro episódio. E assim como em Sex and the City que durou seus 6 anos, muitas coisas estarão por vir, e as personagens tendem a mudar e a crescer. Quem pode dizer que daqui para as próximas temporadas, nossas personagens não irão se tornar mulheres de negócios, ricas, realizando seus sonhos? Acho muito cedo para julgar e fazer tanto alarde!

Enfim, vamos acompanhar e esperar por mais. Eu como mulher negra, não me incomodo e tão pouco vejo uma desvalorização de minha etnia. Ao contrário disso, fico feliz em saber que aos poucos a mídia está nos abrindo espaço.

Fico por aqui, pois o texto ficou mais longo do que eu pretendia, apesar de não ter escrito todas as minhas colocações. Nos "vemos" numa segunda parte. Hehe. Para quem não gostou da ideia da série, ou mesmo tendo assistido mantém a opinião negativa, é simples: não assista. Para quem ficou curioso e deseja no mínimo dar uma chance. Acesse o link aqui, para assistir alguns vídeos.

Até a próxima postagem. Siga nas redes sociais e se inscreva no canal. Beijos! :)

Nobody's Home - Cover #02

Olá galera, tudo bem?

Como vocês podem perceber, estou retomando o canal. Semana passada postei uma versão diferente da música "A Madrugada Acabou", se você ainda não conhece clique no link ou ouça a original acessando as postagens relacionadas.

E nesse vídeo, estou apresentando a música Nobody's Home da Avril Lavigne. Eu já tinha gravado um vídeo anterior, mas fiz uma versão "melhorada", hehe. Assistam, e se gostarem dê seu joinha e compartilhe! Bjks!

Minha Vida de Nômade.

sábado, 13 de setembro de 2014

Galera, depois de dias sem escrever, consegui um tempinho pra contar meu "causo" da mudança para vocês. Será uma postagem um pouco mais pessoal e um "tantinho" longa, já que os fatos aqui descritos são reais.

Quem já se mudou alguma vez, sabe que é um estresse danado, para quem nunca viveu essa "maravilhosa" experiência, é ex-tre-ma-men-te IMPORTANTE( risos), ler este artigo até o final( #aloka).

Primeiro eu tenho que relatar resumidamente meu pequeno trauma e grande experiência com mudanças, já que na adolescência minha mãe nos fez bater o recorde de números de vezes que uma pessoa pode se mudar. 

Começou em 2001, quando tive que sair da minha pacata e "horrorozinha"( mas amada) cidade de Jandira, para ir morar com ela em Itapeví, cuja embora um pouco mais desenvolvida era igualmente pequenina e "feinha" demais. 😜

Lá ficamos alguns meses, acho q uns 6 ou 7, e dentre esse tempo nos mudamos para outro apto por lá mesmo. Depois voltamos novamente para Jandira e lá ficamos até 2006, até começar outra "Odisséia" nos mudando para Osasco, permanecendo lá uns 5 ou 6 meses, depois fomos literalmente voltando para atrás, indo morar em Carapicuíba, e depois mais uma vez retornando á Jandira. 

Vocês já podem perceber que me mudei algumas vezes e parte do início da minha vida adulta, passei indo pra lá e pra cá, pois estudava em SP city, e voltava para casa só para dormir. Em 2009, eu praticamente passava a semana inteira próxima a "facu", e voltava aos fins de semana. Então, em 2010 depois que me casei e passei a viver aqui na Suíça tive que trazer o máximo possível das minhas "tralhas", pois em apenas duas malas pesando 32 Kg, seria difícil trazer tudo.

Bom, a mudança dessa vez, aconteceu há quase 3 semanas atrás. Fazia um pouco mais de 2 anos que estávamos procurando um apto novo. E finalmente, em Maio conseguimos um. Por questões contratuais só pudemos mudar agora em Agosto, e agora depois de alguns dias na luta para deixar tudo no lugar, só falta o meu quarto( e do meu marido) para pôr em ordem, pois até hoje não conseguimos ir buscar os móveis novos. Aqui não temos a comodidade como no Brasil da loja entregar e montar.

E foi uma coisa de louco, eu fiquei gripada bem na semana da mudança, depois meu marido pegou minha gripe, após a mudança meu gato adoeceu( felizmente já está ótimo), e ao final de tudo, aquela bagunça sem fim!

Eu concluo recomendo que vocês pensem bem antes de decidir mudar de casa ou apto,  pois não é facil, dá trabalho e o estresse é grande. Entretanto, quando tudo está no lugar, a sensação de estar num lugar melhor do que você estava antes, não tem preço!

Agora vocês entendem o meu pequeno "sumiço", rs. Mas aos poucos vamos voltando à rotina, e logo o blog estará repleto de novos posts, e novidades. :)

Leitura - O Tesouro de Alexandria

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

O Tesouro de Alexandria - é uma obra de 1988, que conta a estória de um jovem e sedutor detetive. Mistura ação, romance e suspense. Vocês podem encontrar na livraria Saraiva ou em Sebos. Na internet creio que não há versões online para baixar, mas vale a pena dar uma verificada mais intensa.

"Enterradas no gelo estão as pistas para se encontrar uma das maravilhas do mundo antigo: O museu e a biblioteca de Alexandria. Ao localizar uma pequena embarcação romana do século 4, Dirk Pitt, o destemido mergulhador da Numa, agência americana de oceanografia, não imagina o tesouro que tem nas mãos, A chance de tomar posse das maiores riquezas do mundo antigo desperta a cobiça de terroristas e mercenários. em ótimo estado/levemente oxidado."

GIF Livros Importados - 468x60

Do autor americano Clive Cussler, o enredo do livro conta com muita ação, mistérios, enigmas e romance. Além de ter alguns momentos cômicos, o que faz da leitura ainda mais prazerosa. São personagens apaixonantes, que fazem você viajar na trama, e até se sentir dentro da estória( pelo menos eu me senti).

Eu li esse livro, quando estava com 16 anos. Tenho que admitir, que não lembro de todos os mínimos detalhes, mas o suficiente para recomendá-lo à vocês. Embora eu deseje já há algum tempo relê-lo, não consegui achar nenhum PDF dele, e o que eu possuía impresso, emprestei para uma amiga, que não teve o devido cuidado, e deixou o coitado ir para o "beleléu"! Ahuahauha... E aqui na Suíça encontrá-lo em PT, é função quase que impossível.

Entretanto, para vocês que estão no Brasil, como citado no início da postagem, será mais fácil encontrar e comprar, ele está custando em torno de R$ 16,00 no máximo e no sebo, poderá estar ainda mais barato.

Enfim, espero que apreciem a leitura como eu apreciei. E claro, indiquem aos amigos que amam leituras dinâmicas e enigmáticas. A blogueira aqui agradece! :)

Até a próxima #dicadeleitura!

Já curtiu?

Popular Posts

Pensamentos


"Seja feliz com o que você já tem. O resto se consegue com o tempo!"

Mariana Lüdi

"A pedra que no papel nem serve para desenhar uma reta, dentro d'água faz círculos perfeitos!"

Heráclito

"Só ha duas maneiras de viver a vida; a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse um milagre."

Albert Einstein

"Pois nada que valha a pena provar pode ser provado, nem tampouco refutado; portanto, sê sábio. Adere sempre ao lado mais ensolarado da duvida!"

Lord Tenysson


Amigos Leitores

 
"O mundo de Mari" © 2012 | Designed by Bubble Shooter, in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions